R. Barão de Itaqui, 425 | Porto Alegre - RS
51 3239-4135
contato@genergiabrasil.com.br

Manutenção de Geradores – Guia Completo

Created with Sketch.

Confira abaixo o que você vai encontrar neste guia completo de manutenção de geradores de energia com a Genergia, referência no mercado de gerenciamento de energia:

1. Por que fazer Manutenção em Geradores de Energia Diesel?

Os geradores de energia diesel utilizados como fonte de energia elétrica primária ou alternativa (emergência, backup) devem passar por manutenções regulares para que maximizem a garantia de energia durante toda a sua vida útil.

Seja por corpo técnico interno, contrato de manutenção com terceirizado, ou da própria locadora de geradores, a manutenção dos grupos geradores de energia diesel é obrigatória, seja ela preventiva ou corretiva.

A manutenção é importante pois ao longo do tempo os geradores apresentam alguns sinais de desgastes, quando é inspecionado, com um conjunto de medidas de preservação em sua estrutura, este fenômeno é atrasado.

O cronograma da manutenção de geradores possui como principal objetivo avaliar as condições de operação do equipamento, com estratégias aplicadas para servir e certificar a qualidade do serviço prestado através das características da demanda da energia solicitada.

Portanto, apesar de exigirem menos manutenção devido à sua durabilidade, confiabilidade e robustez e os geradores de energia diesel necessitam de manutenção.

2. Cronograma de manutenção: a melhor forma de manter seu gerador de energia

A melhor prática de manutenção de seu gerador de energia é seguir o cronograma de manutenção fornecido pelo fabricante do gerador, ou em caso de não possuir conferir os pontos que vamos abordar.

Ao lidar diariamente ao longo de muitos anos com geradores de energia, o tempo forneceu conhecimento necessário para prever quando certos componentes falharão ou precisarão de serviços.

Um cronograma de manutenção confiável geralmente pode ser adquirido do fabricante e pode ser empregado por equipe de manutenção elétrica e mecânica.

O cumprimento desse cronograma garantirá o tempo máximo de serviço para o gerador e a operação adequada quando for solicitado a fornecer energia.

Como os geradores são nas maiorias dos casos utilizados em ambientes que é fornecido a energia de maneira ininterrupta, como o hospital, é necessário redobrar a atenção em sua conservação e aplicação.

Deste modo, pode se afirmar que ao fazer um cronograma de manutenção preventiva, facilita os processos de análises, demonstrando quais os principais pontos devem ser verificados em cada período.

3. O que se faz na manutenção do gerador?

Algumas das medidas tomadas para garantir o bom funcionamento do gerador durante a manutenção programada incluem (abordaremos com mais detalhes mais para frente):

  • Remoção oportuna de peças desgastadas ou atualização dos componentes
  • Verificação dos níveis de fluido
  • Inspeção da bateria e limpeza das conexões
  • Teste em carga
  • Verificação das leituras e indicadores do painel de controle
  • Troca de filtros de combustível e ar

4. Por seguir o cronograma de Manutenção em Geradores?

Pequenos investimentos feitos na substituição de componentes e na manutenção regular de geradores podem economizar atualizações caras e desnecessárias ou até a substituição de todo o grupo gerador no futuro.

Ao realizar a manutenção de rotina, cada ação tomada deve ser registrada e as leituras e vários parâmetros são registrados junto com a data da inspeção e a leitura do horímetro do gerador.

Esse conjunto de leituras é comparado com o próximo conjunto de dados coletados. Qualquer variação absurda das leituras indica desempenho defeituoso da unidade.

O teste em carga de chaves de transferência automática em intervalos regulares mantém o controle da integridade elétrica e mecânica do componente na operação de transferência.

Outros fatores a serem verificados periodicamente são os relés de partida e de temporização, a continuidade do sinal de partida e a detecção da fase de utilidade.

A manutenção preventiva garante, assim, que você obtenha uma fonte de alimentação ininterrupta para todas as suas necessidades.

Ao fazer a manutenção preventiva, os geradores a diesel possuem um aumento na qualidade do fornecimento de energia, redução de custo e uma maior confiabilidade  no equipamento.

Por este motivo,  a manutenção preventiva é um evento imprescritível. Pode ser dividido em cinco etapas, a diária, semanal, mensal, semestral  e anual. Veja a seguir quais as atividades que devem ser realizadas em cada etapa:

Manutenção Diária

  • Análise dos níveis de combustível e óleo;
  •  Verificação do sistema de aquecimento e o posicionamento correto do refrigerante;
  • Inspeção na tubulação de ar;
  • Vistoria na parte interna e externa, observar se tem corrosão ou defeito;

Manutenção Semanal

  • Drenagem no tanque e filtro de combustível;
  • Análise da tensão flutuante acerca do carregador de bateria;
  • Limpeza no filtro de ar;

Manutenção Mensal

  • Limpeza e ajuste nos sistemas do gerador;
  • Remoção da amostra do líquido de arrefecimento (para análise de sua concentração);
  • Análise da carga de bateria;
  • Apurar a tensão da correia;

Manutenção Semestral

  • Alteração dos filtros e combustivel e refrigerante;
  • Limpeza do cárter de respiro;
  • Verificar o estado de conservação da mangueira do radiador;

Manutenção Anual

  • Limpeza em toda estrutura de refrigeração.

5. Locação: não se preocupe com a manutenção dos geradores

Ao alugar um gerador de energia, certifique que a locadora inclui todos os custos de manutenção preventiva em contrato, como é o caso da Genergia, que realiza todas as manutenções preventivas de sua frota de geradores de locação, sem custos extras ou obscuros ao locatário.

É sempre importante recordar que a manutenção preventiva nos geradores de energia deve ser realizado por profissionais devidamente habilitados. Caso seja executado por amadores, a instalação mal feita pode ocasionar um superaquecimento e falhas técnicas, prejudicando o seu funcionamento.

6. As 3 etapas da manutenção de geradores de energia

O processo de reparo de grupos moto geradores de energia diesel podem ser divididos da seguinte forma:

Detecção e Solução de problemas: determinar tanto o componente falho como a causa da falha do componente. Isso ajuda a garantir que a falha não se repita.

Reparos de nível leve: são reparos geralmente podem ser concluídos sem longos períodos de inatividade. Os componentes além dos limites de desgaste são identificados durante as inspeções de manutenção.

Reparo pesado: esses reparos exigem um tempo de inatividade mais longo do gerador. Para instalações com requisitos críticos de energia, um gerador de backup é recomendado para o evento improvável de falha de energia. Substituir o motor do gerador, o alternador, o radiador e a cabeça do cilindro são exemplos de reparos pesados que demandam grande tempo de inatividade.

Viabilidade de locação: em quaisquer dos níveis, avalie a possibilidade de aluguel de geradores de energia da Genergia para evitar grandes interrupções do fornecimento de energia elétrica.

7. A dica mais valiosa para evitar problemas em seu gerador

Coloque o grupo gerador em funcionamento regularmente, mínimo 1 vez na semana. Isso evita a degradação prematura do diesel além de mantem todo o sistema lubrificado além de sob análise regular.

8. Os 7 elementos essenciais de manutenção de geradores

Sistema de Lubrificação

O óleo do motor deve ser verificado enquanto o gerador é desligado em intervalos regulares usando a vareta de nível, semelhante a automóveis.

Deve-se permitir que o óleo da parte superior do motor escorra de volta ao cárter para se atingir o nível correto na vareta, assim como seguir as recomendações do fabricante do motor para classificação do óleo e viscosidade.

Mantenha o nível de óleo o mais próximo possível da marca completa na vareta, adicionando a mesma qualidade e marca de óleo. O óleo e o filtro também devem ser trocados em intervalos de tempo previstos pelo fabricante.

Sistema de arrefecimento / refrigeração

É necessário verificar o nível do líquido de refrigeração durante os períodos de desligamento no intervalo especificado.

Após e unicamente após o motor estar frio, sob risco de grave acidente, remova a tampa do radiador e, se necessário, adicione líquido refrigerante até o nível.

Os motores a diesel para serviços pesados ​​exigem uma mistura balanceada de refrigerante de água, anticongelante e aditivos de refrigerante.

Inspecione o exterior do radiador quanto a obstruções e remova toda a sujeira ou material estranho com uma escova ou pano macio com cuidado para evitar danificar as aletas.

Se disponível, use ar comprimido a baixa pressão ou um fluxo de água na direção oposta ao fluxo de ar normal para limpar o radiador. Alta pressão irá danificar as aletas, então preste atenção.

Sistema de Combustível – óleo Diesel

O óleo diesel está sujeito a contaminação e corrosão dentro de um período de um ano e, portanto, é altamente recomendável acionar o grupo gerador de energia para usar o combustível armazenado antes de se degradar.

A própria Petrobras diz a validade ser de 30 dias.

Os filtros de combustível devem ser drenados nos intervalos designados devido ao vapor de água que se acumula e condensa no tanque de combustível.

Testes regulares e substituição de combustível podem ser necessários se o combustível não for usado e substituído em três a seis meses.

A tubulação e as mangueiras devem ser inspecionadas regularmente quanto a vazamentos, furos, rachaduras, sujeira e detritos que possam estar bloqueando.

A composição química do diesel mudou nos últimos anos; uma certa porcentagem de biodiesel em temperaturas baixas ou altas libera impurezas, enquanto uma certa porcentagem de biodiesel em temperaturas quentes misturada com água (condensação) pode ser o berço da proliferação bacteriana.

Além disso, a redução de enxofre reduz a lubrificação, o que eventualmente bloqueia as bombas de injeção de combustível.

As baterias do gerador

Baterias de partida fracas ou com carga insuficiente são causas comuns de falhas na operação com geradores de energia.

A bateria deve ser mantida totalmente carregada e em bom estado de manutenção para evitar qualquer problema de inicialização e partida do gerador.

A simples verificação da tensão de saída das baterias não é indicativa de sua capacidade de fornecer energia de partida adequada.

À medida que as baterias envelhecem, sua resistência interna ao fluxo de corrente aumenta e a única medida precisa da tensão do terminal deve ser feita sob carga.

Em alguns geradores, esse teste indicativo é realizado automaticamente sempre que o gerador é iniciado.

Mantenha as baterias limpas com um pano úmido sempre que houver sujeira excessiva.

Se houver corrosão nos terminais, remova os cabos da bateria e limpe os terminais.

Verificação do nível de eletrólito: nas baterias de ácido-chumbo de célula aberta, verifique o nível do eletrólito pelo menos a cada 250 horas de operação. Se estiver baixo, encha as células da bateria na parte inferior do gargalo de enchimento com água destilada. No caso de baterias seladas, ou livre de manutenção, isso não é necessário nem possível.

Acionamento programado do motor diesel

O exercício regular de acionar o grupo gerador de energia mantém as peças do motor lubrificadas, impede a oxidação dos contatos elétricos, consome combustível antes que se deteriore e ajuda a fornecer uma partida confiável do motor.

Recomenda-se que a partida do motor seja executada pelo menos uma vez por semana por um período mínimo de 30 minutos, com carga não menos de um terço da classificação de potência do gerador.

Mantenha seu gerador limpo

Gotas de óleo e outras questões são fáceis de detectar quando o motor e todo o gerador estão limpos e em boas condições.

A inspeção visual pode garantir que as mangueiras e correias estejam em boas condições.

As verificações frequentes podem impedir que vespas e outros insetos se aninhem em seu equipamento causando problemas.

Sistema de escape

Caso haja vazamentos ao longo da linha de escape, o que geralmente ocorre nos pontos de conexão, nas soldas e nas juntas; eles devem ser reparados imediatamente por um técnico qualificado. Isso evitará vários problemas, inclusive superaquecimento e desligamento.

9. Listagem de itens a serem inspecionados

– Verificações diárias, 
– mensais e anuais;
– Inspeções
– Testes
– Regulagens
– Extras

Verificações de Nível em manutenção de geradores de energia

– óleo lubrificante do motor diesel;
– água do sistema de arrefecimento/resfriamento do motor diesel;
– combustível – óleo diesel S500;
– água de baterias;

Inspeções em manutenção de geradores

– últimos alarmes;
– conexões e vazamentos de óleos ou água;
– entrada e saída de ar;
– tampa de escape;
– terminais de bateria;
– mangueira do suspiro do motor diesel;
– amortecedores vibração;
– mangueiras do sistema do pré-aquecimento;
– QTA;
– temperatura dos componentes elétricos;
– limpeza radiador e colmeia;
– abraçadeiras

Testes de manutenção em grupos geradores de energia

– acionamento do grupo gerador de energia com e sem carga;
– sensor de nível de água do motor;
– sensor pressão de óleo de motor;

Trocas de manutenção de geradores

– óleo lubrificante do motor 15W40;
– filtros de óleo lubrificante;
– limpeza filtro rotativo;
– filtro de combustível;
– filtro separador de água;
– filtro de água líquido de arrefecimento;
– filtro de ar;
– água do radiador e anticorrosivo;
– correias;
– mangueiras de combustível;
– drenagem e limpeza tanque de óleo diesel;

Regulagens para manutenção de geradores de energia diesel

– válvulas do cabeçote do motor;
– reaperto.